Home » Trabalho » Gerenciamento de Estoque: O guia definitivo para o seu e-commerce

BLOG

gerenciamento de estoque

Publicado em: 19 de fevereiro de 2019

Categoria: Trabalho

Gerenciamento de Estoque: O guia definitivo para o seu e-commerce


Apesar de ser uma tarefa básica, nem sempre o gerenciamento de estoque é feito de maneira correta nas empresas, não é mesmo? Sabemos que gerir o estoque de maneira eficiente vai muito além de uma mera atividade operacional.

Esta regra deve ser fundamental em qualquer tipo de empresa, seja ela pequena, grande, indústria ou e-commerce, pois a falta ou excesso de produtos pode virar um grande problema para o funcionamento de uma companhia, comprometer a satisfação dos clientes e gerar prejuízo no bolso do empresário.

Então, preparamos um guia para lhe ajudar a entender como fazer um bom gerenciamento de estoque para a sua loja virtual. Você vai ver os tipos de estoque para um e-commerce e as melhores práticas para uma boa gestão de estoque. Vamos lá?

Tipos de estoque para um e-commerce

Estoque Compartilhado

O estoque compartilhado permite que uma loja, física ou virtual, tenha acesso aos mesmos estoques. Essa alternativa exige um espaço menor do que se a loja mantivesse locais separados para cada tipo de venda e ainda torna possível fazer um gerenciamento integrado dos produtos, economizando recursos.

A grande vantagem do gerenciamento de estoque compartilhado está relacionado ao fato de que a empresa não precisa dispor de todos os produtos disponíveis no estoque de cada loja física. Basta obter itens de mostruário nas lojas e investir em uma tecnologia que permita às lojas acessar o estoque central online para reservar as mercadorias vendidas que serão entregues aos clientes.

Contudo, para isso, organização e planejamento são essenciais para evitar que, por algum descuido, determinado produto não seja entregue ao consumidor.

Estoque Terceirizado

Para manter o estoque em alta e, ao mesmo tempo, a disponibilidade dos produtos, muitos empreendedores virtuais têm optado pelo estoque terceirizado, que consiste na contratação de um distribuidor de mercadorias.

Isso significa que ele ficará responsável por fazer todos os pedidos de uma loja e pelo gerenciamento de estoque, controlando, separando os produtos e, dependendo do tipo de terceirização, realizando o despacho para o cliente.

Há duas formas de terceirizar o seu estoque e cada uma apresenta um modelo diferente:

  1. Utilizar o estoque do seu fornecedor, sem precisar incorporar todo o custo de armazenagem para você;
  2. Usar o serviço de um operador logístico, que fará a armazenagem e expedição da mercadoria que, neste método de terceirização, é sua.

O estoque terceirizado permite um nível elevado de economia em custos e investimentos para um lojista virtual, além de possibilitar uma gestão mais eficiente da empresa, maior mobilidade de trabalho e eliminar riscos como a compra antecipada de produtos que podem ficar estagnados em um estoque próprio.

Outra vantagem do gerenciamento de estoque terceirizado está em poder contar com uma grande quantidade de produtos sem precisar, de fato, gerenciá-los, bastando contatar o fornecedor.

Abrir mão do controle, no entanto, exige uma atenção triplicada em relação ao tempo de envio, à qualidade do produto vendido e o estado em que ele chegará ao cliente.

Estoque Descentralizado

O estoque descentralizado é um tipo de estoque físico que divide a reserva dos itens em espaços diferentes, com o objetivo de reduzir as despesas com transporte e com tempo de envio.

É recomendado para o empreendedor que tem problemas com entregas por causa da sazonalidade, deixando o produto mais próximo dos consumidores ou de um mercado específico.

Quer receber mais conteúdos como este?

loading...

Estoque Consignado

Outro tipo de gerenciamento de estoque para e-commerce é comprar uma certa quantidade de itens de forma consignada.

Assim, o lojista tem sempre o suficiente para suprir a demanda dos consumidores e caso a mercadoria fique parada por alguma razão, pode devolvê-la e pagar apenas pelo que já foi vendido.

Essa é uma ótima opção para comércios que estão vendendo itens novos no mercado e que ainda não possuem estatísticas de vendas.

Melhores práticas para um bom gerenciamento de estoque

Evite vender mercadorias não disponíveis

É imprescindível que o estoque seja atualizado corretamente para não correr o risco de deixar que um consumidor compre um item que não está mais disponível. Além de frustrante para o cliente, é constrangedor para o seu negócio.

Independentemente do sistema de gerenciamento de estoque escolhido, é importante que você garanta que seu modelo atualizará os inventários em tempo real. Assim, você evita dores de cabeça e garante a boa reputação para a sua loja.

Quer receber mais conteúdos como este?

loading...

Controle as entradas e saídas

Controlar as entradas e saídas é fundamental para que você seja realize um bom gerenciamento de estoque e seja capaz de repor as mercadorias corretamente. Essas informações permitem que você note possíveis ajustes necessários, como quais produtos devem ser comprados em quantidade menor ou maior.

Procure utilizar um sistema digital ou uma planilha para manter todos os dados ao seu alcance.

Tenha uma bola relação com os fornecedores

A relação com os fornecedores é um aspecto fundamental no gerenciamento de estoque. Um bom relacionamento garante que o seu estoque seja operado de maneira organizada e tranqüila.

Para isso, procure comunicar-se com os fornecedores para definir critérios relacionados a prazos de entrega e à quantidade de itens a serem comprados periodicamente.

Se surgirem problemas, faça o possível para solucioná-los juntamente com eles.

Estabeleça políticas e processos de compras

Você precisa definir algumas políticas específicas para não desperdiçar dinheiro, atender bem às necessidades dos clientes e manter o negócio a pleno vapor. Por exemplo: estabelecer critérios para a escolha de fornecedores; as cotações que serão feitas; a frequência com que os produtos serão adquiridos, entre outros.

Dessa maneira, todos os envolvidos no negócio irão saber como agir e quais serão as suas responsabilidades – evitando, assim, possibilidades de erros por falta de conhecimento ou comunicação.

Como você pôde ver nas nossas dicas, é preciso muito planejamento e análise para realizar um gerenciamento de estoque impecável. Preparando-se bem é possível compreender melhor como as operações acontecem e quais são os fatores que influenciam os resultados.

Também é importante lembrar que a comunicação é fundamental e deve ser estimulada, já que todos os setores envolvidos no negócio trabalham em torno de objetivos em comum: garantir a satisfação dos consumidores e aprimorar os resultados.

Além de se cercar de bons profissionais, faça também um investimento nos melhores softwares de gestão, que permitam a integração dos setores da empresa. O estoque não é um simples depósito de itens, mas um organismo vivo. Compreendendo suas características, você pode extrair o melhor dele e transformá-lo em um dos pontos lucrativos do seu e-commerce.

Agora que você já sabe como gerenciar o estoque do seu e-commerce, confira as vantagens de usar o self storage para o armazenamento do estoque de loja virtual!


< voltar
Busca Clientes
x

Your AWESOME Popup Title

Cadastre-se e ganhe o primeiro mês de

aluguel de um box por metade do preço.

[text* your-name class:form-promo_input placeholder "Nome*"]
[email* your-email class:form-promo_input placeholder "Email*"]
[text* telefone class:form-promo_input placeholder "Telefone*"]
[submit class:form-promo_btn "Enviar >>"]